2016

Para o ano de 2016, a equipe iniciou o projeto com um número reduzido de membros. Dessa forma, elaborou-se um inovador processo de recrutamento para que os novos membros do ano obtivessem o conhecimento e os valores da equipe. Para isso, elaborou-se um projeto que consistia no desenvolvimento de uma aeronave que respeitasse um regulamento desenvolvido pela própria equipe e que todas as fases fossem desenvolvidas apenas pelos ingressantes no ano de 2016 da equipe.

Para a competição da Classe Regular, a equipe teve como desafio uma nova restrição geométrica, na qual a aeronave deveria estar contida em um hangar cônico. Assim, a fim de obter maior envergadura, o projeto resultou no desenvolvimento de uma aeronave com anedro, a primeira a ser desenvolvida pela equipe.

Como resultado ao final do projeto a equipe foi composta por 18 membros, sendo que muito membros ingressantes fariam surgir uma geração que marcaria o nome nas competições posteriores. Mais além, verificou-se uma evolução da equipe para a qualidade de fabricação de aeronaves tendo em vista a configuração adotada e os 6 protótipos fabricados ao longo do ano. Na competição a equipe se manteve entre as 10 primeiras colocadas, obtendo ao final 8a colocação geral e obtendo o 5° lugar para o relatório de Integração de Projeto e o 1° lugar para o relatório de Estruturas e Ensaios Estruturais pelo segundo ano consecutivo.